Meta – Depto. de Crimes Metalinguísticos

R$60,00

1ª Edição – 2020
Colorido
Formato: 17 x 26 cm
160 Páginas

REF: 978-65-5634-001-2 Categoria: Tags: ,

Descrição

Em META – Depto. de Crimes Metalinguísticos, Marcelo Saravá, que também é autor de Aos Cuidados de Rafaela, parte do assassinato de um desenhista, cujos principais suspeitos são os personagens criados por ele para uma HQ. Nesse contexto entra em cena META, uma polícia secreta que investiga casos ocorridos em universos diferentes, com detetives que atuam nos quadrinhos, teatro, literatura, cinema e quaisquer outras mídias narrativas e quebram a quarta parede para sair desses universos e solucionar os mais estranhos casos.
Em um exercício estilístico de narrar histórias sobre o ato de contar histórias, o roteiro de Saravá reúne drama, humor, experimentalismo e cultura pop, colocando em discussão a relação das pessoas com as artes. Dentro dessa ideia, META conta com a participação especial de personagens conhecidos, como Bone, do autor norte-americano Jeff Smith, e Deus, do cartunista brasileiro Carlos Ruas. Ao todo, a HQ contém 19 artes de quadrinistas brasileiros e internacionais, como Walt Simonson e Laerte Coutinho, além de incluir homenagens póstumas a Juan Giménez e Daniel Azulay, falecidos em 2020.
Este projeto foi selecionado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018.


Os Autores

Marcelo Saravá é o roteirista e idealizador de META – Depto. de Crimes Metalinguísticos. Começou nas HQs fazendo tiras sem desenho (1000 Palavras, independente). Desde então, criou diversos projetos com desenho junto a artistas diversos, incluindo Aos Cuidados de Rafaela (com Marco Oliveira, Zarabatana Books), Quarta-Feira de Cinzas (independente), Revistinha (independente) e as tiras sobre distanciamento social Na Caixinha.
André Freitas, que assina a arte da publicação, é um quadrinista “viking” natural de São José dos Campos – “uma cidade a mais de 80 km do mar”, como diz –, mas nunca morou lá. Participou da revista Front (Via Lettera) e de O Rei Amarelo em Quadrinhos (Editora Draco), mas é mais conhecido pelas HQs independentes do vampiro grego Ozman, personagem que publica de forma independente desde 2013.
Nascido em Lisboa, Portugal, Omar Viñole assina as cores desta HQ. Começou a sua carreira no início dos anos 1990 e tem vários trabalhos publicados por editoras. Como arte-finalista, já recebeu os prêmios Angelo Agostini e HQ Mix.  Produz as tiras do Coelho Nero desde 2009 e publicou três coletâneas independentes.
As letras e design são de Deyvison Manes, designer gráfico com extensa experiência no segmento publicitário e um apaixonado por arte e cultura pop. Atualmente trabalha exclusivamente como letrista e diagramador em títulos independentes de quadrinhos dentro e fora do país, como The Few and Cursed (Timberwolf), Steampunk Ladies (Editora Draco) e a Graphic MSP Cebolinha: Recuperação (Panini). É o autor da HQ Justiça Sideral (independente).