Bando de Dois – Edição Especial Colorida

R$84,00

1ª Edição – 2020
Capa Dura – Colorido
Formato: 22,6 x 30,4 cm
Páginas: 96

Em estoque

REF: 978-65-5634-000-5 Categoria: Tags: ,

Descrição

Paisagens desoladas, bandidos mal-encarados, povoados miseráveis no deserto, tesouros escondidos e trens carregados de dinamite. Não… Não estamos falando de um filme de Sergio Leone.
Bando de Dois, de Danilo Beyruth, leva para o cangaço o clima dos westerns italianos, resgatando a aventura nas HQs brasileiras.
Na história, dois últimos sobreviventes de um bando de vinte cangaceiros partem em busca das cabeças decepadas de seus companheiros, preparados para enfrentar um exército. Cada um com os seus motivos.
Em 2011, Danilo Beyruth recebeu por Bando de Dois, já em sua quarta edição impressa, o Prêmio Ângelo Agostini de Melhor Lançamento de 2010 e o 23º Troféu HQMix nas categorias: Melhor Edição Especial Nacional, Melhor Desenhista Nacional e Melhor Roteirista Nacional de 2010. A HQ foi publicada também na Argentina, França, Portugal e Polônia.
Esta é uma edição especial colorida e com capa dura comemorando os 10 anos de lançamento da HQ.

ATENÇÃO
Este livro é aconselhável para adultos.


O Autor
Danilo Beyruth nasceu em São Paulo em 1973. Em 2007 começou a publicar Necronauta, um herói com a missão de transportar as almas dos mortos. As cinco edições independentes no formato fanzine posteriormente foram reunidas em um volume pela editora HQM em 2009. O segundo volume, com HQs inéditas, foi publicado pela Zarabatana Books em 2011.
Em 2009 Beyruth foi selecionado pelo ProAC – Programa de Ação Cultural da Secretaria da Cultura de São Paulo para produzir a sua primeira graphic novel. Escreveu e desenhou Bando de Dois, a história de Tinhoso e Cavêra di Boi, os últimos sobreviventes de um grupo de 20 cangaceiros, publicada pela Zarabatana Books em 2010.
Levando para o cangaço o clima dos westerns italianos, o álbum foi bem recebido pela crítica, valendo ao autor o Prêmio Angelo Agostini (Melhor Lançamento de 2010) e o Troféu HQ Mix em três categorias (Melhor Desenhista Nacional, Melhor Roteirista Nacional e Melhor Edição Especial Nacional). Nos anos seguintes, Bando de Dois ganharia edições na Argentina, em Portugal, na Polônia e na França, sendo esta última a primeira edição colorida da obra.
Em 2012, dentro da coleção Graphic MSP , lança o álbum Astronauta – Magnetar e ganha o troféu HQ Mix, como Melhor Desenhista Nacional. Nos anos seguintes viriam Astronauta – Singularidade, São Jorge, Astronauta – Assimetria, Samurai Shirô, Astronauta – Entropia e Love Kills.

Você também pode gostar de…